MANOEQUIPAMENTOS DE MOVIMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO, SA

Equipamentos de Movimentação e Automação

A MANO é a empresa portuguesa mais especializada em equipamentos para movimentação de materiais, tendo sido a primeira a dedicar-se exclusivamente ao projecto, fabrico e instalação de equipamentos para movimentação de materiais de modo automático.

A MANO é a Produtora Nacional de Transportadores e Equipamento de Movimentação de Materiais, com experiência na maior quantidade de tipos de transportadores, tanto para produtos a granel como em cargas unitárias, ligeiras ou pesadas, ao longo de processos produtivos, fábricas e armazéns, em todos os ramos de actividade económica.

A liderança da MANO no Mercado Nacional tem sido obtida através da sua capacidade em satisfazer as necessidades dos seus clientes, através da oferta de produtos de alta qualidade e do desenvolvimento de novos produtos, modernos e inovadores.

A MANO reforça a sua liderança em Portugal e volta a ser pioneira com a Certificação do seu Sistema de Gestão da Qualidade, segundo a norma ISO 9001:2015, sendo a única Empresa Certificada em “Projecto, Fabrico, Montagem e Instalação de Equipamentos de Movimentação de cargas e Automação de Fluxos de Transporte”.


Década de 60

A empresa iniciou a actividade em 1961 em nome individual de Albino Gabriel Morais, como agente comercial de máquinas e equipamentos importados da Europa, nomeadamente: transportadores, balanças, tractores, alfaias agrícolas e outros equipamentos destinados ao sector agrícola e indústrias agro-alimentares.

1963

Em 1963 iniciou-se a produção deste tipo de equipamentos em Rio de Mouro, Sintra, sendo a mesma destinada maioritariamente ao sector agrícola (produção e comercialização).

1966

Em 1966 tornou-se uma empresa familiar, pela entrada do Gestor António Duarte dos Santos (genro de Albino Gabriel Morais), que tomou a seu cargo os serviços comerciais e administrativos da empresa e a responsabilidade de toda a organização.

1967

Em 1967 nasceu a marca “MANO”, por iniciativa do novo Gestor e em honra ao Fundador da Empresa, a qual se implantou rapidamente, no mercado nacional e, mais tarde, nos mercados estrangeiros.

1968

Em 1968 iniciou-se a primeira ampliação das instalações de fabrico, tendo coincidido com o início das exportações para as ex-colónias portuguesas, principalmente, para Angola.


Década de 70

Em 1970, com uma actividade crescente, a empresa passou a pertencer a dois sócios: Albino Gabriel Morais e António Duarte dos Santos; dando origem à sociedade “Albino G. Morais & Santos, Lda.”.

Nesta década aumentou, substancialmente, a gama de produtos, para outros sectores de actividade, nomeadamente, para as indústrias agro-alimentares e agro-pecuárias, indústrias em geral e serviços, à custa de uma redução de produtos para o sector agrícola.

Entretanto, como as vendas estavam, sempre, a crescer de ano para ano, foi necessário aumentar as instalações fabris e, ao mesmo tempo, preparar o Projecto para a construção e arranque de uma nova fábrica, a concretizar na década de 80.


Década de 80

Em 1980 a empresa participou, pela primeira vez, numa Feira Europeia do sector agrícola em Paris: Salon International de la Machine Agricole (SIMA), tendo continuado a sua presença, todos os anos, até 1992.

Em 1982 a Sociedade Albino G. Morais & Santos, Lda. iniciou as suas exportações para Espanha e França, aumentando as exportações para as ex-colónias portuguesas.

As instalações iniciais da empresa foram continuamente ampliadas até que, em 1983, altura em que a empresa mudou para as novas instalações, com uma área total coberta de 10000m2 (8000 m2 de produção e 2000m2 de estudos, projecto e administração). Nesta época, com um potencial produtivo semelhante aos dos seus concorrentes internacionais, a Albino G. Morais & Santos, Lda. conquistou novos mercados, tornando-se uma referência na produção de equipamentos para movimentação e automação de cargas unitárias e a granel.

Nesta década, a empresa acompanhou a evolução da electrónica e dos automatismos, tendo-os incorporados nos seus equipamentos passando, assim, a trabalhar em todos os sectores de actividade económica. Foram desenvolvidos grandes e sofisticados projectos tipo “chave na mão” para empresas nacionais e estrangeiras, nomeadamente europeias.

Na década de 80 a empresa estreou-se noutras feiras internacionais, onde tem participado continuamente, nomeadamente: Salon de la Manutention, Salon de L’Emballage, Salon de Industries Chimiques, em França; Royal Show e Interaction, na Inglaterra; e Feira International da Máquina Agrícola, em Espanha.

Foi, também, nesta década que entraram para a empresa os Jovens Licenciados: António Gabriel Santos e José Manuel Santos (filhos de António Duarte dos Santos e netos do fundador), ficando responsáveis pelas áreas técnica e financeira, respectivamente.


Década de 90

Em 1992 iniciou-se uma nova fase na vida da empresa, com a sua transformação em sociedade anónima e aumento de capital para 532 000 000$00 (2 653 604.81€), com reforço da estrutura accionista pela entrada das sociedades SULPEDIP, NORPEDIP e RISFOMENTO.
Foram, então, realizados investimentos significativos ao nível do processo produtivo e de gestão, dotando a organização de tecnologia de ponta. Neste ano de 1992 a empresa passou a designar-se: MANO – Equipamentos de Movimentação e Automação S. A..
Na sua óptica de marketing, e com capacidade para inovar, desenvolver, produzir e vender os seus equipamentos em todos os domínios económicos, a MANO conseguiu competir em qualidade e preços com algumas das grandes companhias europeias.
Em meados da década, com a abertura aos mercados de Leste, alguns dos clientes europeus da MANO passaram por problemas concorrenciais e graves dificuldades Económicas e Financeiras, com repercussão drástica na MANO, tendo baixado, substancialmente, o volume de vendas para exportação, principalmente, para França e Inglaterra.
Para se adaptar às novas condições de mercado decorrentes da situação anterior, a MANO deu início a um processo de reestruturação e de redução da sua dimensão, com vista à sua adequação à dimensão dos mercados nacional e internacionais.


O Novo Milénio

A MANO entrou no novo milénio com uma nova filosofia empresarial, mantendo toda a sua capacidade produtiva, mas especializando-se em projecto e trabalhos de consultoria para engenharia de “sistemas automatizados de transporte de produtos, em diferentes estados, como a granel, com embalagem e paletização”, para todos os sectores de actividade económica.

Com o aumento da exigência do mercado em termos de qualidade, a empresa decidiu enveredar pela sua certificação no âmbito de “projecto, fabrico, montagem e instalação de equipamentos para movimentação de cargas e automação de fluxos de transporte” implementando, para isso, um Sistema de Gestão da Qualidade, de acordo com a NP EN ISO 9001:2000.

Com a melhoria contínua do Sistema de Gestão da qualidade, a MANO garante aos seus clientes um controlo de todo o processo produtivo, desde o levantamento de requisitos no local, aos ensaios finais dos equipamentos que instala nos seus clientes.

Masterfully Handcrafted for Awesomeness

WE DO MOVE

YOUR WORLD

Greatives – Design, Marketing, Sales

Working Hours : 09:00 – 19:00
Address : 44 Oxford Street, London, UK 22004
Phone : +380 22 333 555

Ligue Já
Direções